Preso, rapaz confessa agressão à ex e diz que depois pegou gelo, pediu desculpas e ‘já estavam de boa’.

Preso, rapaz confessa agressão à ex e diz que depois pegou gelo, pediu desculpas e ‘já estavam de boa’.

O motoentregador de 36 anos preso nessa segunda-feira (21), em Campo Grande, por agredir a ex-namorada, disse à polícia que ao perceber que havia ferido a jovem, pegou gelo para passar nas lesões dela, pediu desculpas e ‘já estavam de boa’ quando a Polícia Militar (PM) chegou.

Ele foi autuado em flagrante por lesão corporal em situação de violência doméstica na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) e, nesta terça-feira (22), passou por audiência de custódia e teve a prisão preventiva decretada pela Justiça.

A PM chegou até o motoentregador após receber denúncias de que havia uma mulher sendo agredida e mantida em cárcere, no apartamento dela, em um condomínio de Campo Grande. Quando os policiais chegaram, viram que a moradora estava lesionada. No entanto, ela negou que era impedida de sair do local.

A jovem tinha lesões na boca e nos braços, passou por atendimento médico e depois foi levada à Deam. Lá, contou que o ex-namorado havia invadido o apartamento dela enquanto ela estava dormindo e a agredido.

Já o suspeito, falou que foi a jovem quem o havia procurado mais cedo, com ligação e mensagem, xingando-o nesta última, e que entrou no apartamento porque a porta estava encostada.

Ainda na versão do suspeito, os dois então discutiram porque ela não dizia quem era o homem com quem ela havia postado uma foto nas redes sociais. Enquanto brigavam, a jovem teria dado um chute nele e ele revidado com socos no rosto. Momentos depois, a polícia chegou.

Segundo a jovem, a relação com o suspeito durou oito meses e há três dias estavam separados, sendo esta a primeira ocorrência por agressão. Vizinhos disseram que brigas entre o casal eram frequentes.

redacao_maloca maloca

redacao_maloca maloca

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *